Monica Iozzi é condenada a indenizar ministro por post no Instagram

0

Monica Iozzi foi condenada a pagar R$ 30 mil de indenização a Gilmar Mendes, ministro do STF (Supremo Tribunal Federal). A notícia da condenação foi adiantada na coluna de Ricardo Boechat, na revista “IstoÉ”.

No dia 28 de maio, Iozzi fez um post no Instagram criticando a decisão de Mendes de conceder um habeas corpus ao ex­-médico Roger Abdelmassih, condenado em 2010 a 278 anos de prisão pelo estupro de 37 pacientes.

Na ocasião, a ex-apresentadora do “Video Show” publicou uma foto de Gilmar Mendes com uma faixa escrito “Cúmplice?” acompanhada da legenda: “Se um ministro do STF faz isso nem sei o que esperar”.

A defesa de Mendes alegou que a atriz causou dano à imagem do ministro, que teria sido vítima de ofensa à honra. Inicialmente, foi pedido R$ 100 mil de indenização.

Para o juiz Giordano Resende Costa, que determinou a sentença, Monica é uma pessoa pública e, portanto, “sua liberdade de expressão deve ser usada de forma consciente e responsável”.

Costa  ainda  afirmou  que  a  publicação  da  atriz  sugeriu  que  o  ministro  teria  agido  com  “cumplicidade  ao  crime  de  estupro,  tornando  questionável  o seu  caráter  e  imparcialidade  na  condição  de  julgador,  fato  suficiente  para  atingir  a  sua  honra  e  imagem”.

Procurada  por  meio  de  sua assessoria, Monica Iozzi não se pronunciou.

Fonte texto e imagem: F5 em 03/10/2016

Compartilhe:

Comentários encerrados.