Telegram tem grupos com 5.000 hackers brasileiros

0

O Telegram ganhou força no Brasil graças aos seguidos bloqueios judiciais do WhatsApp. Agora a Trend Micro descobriu que o aplicativo vem sendo usado no país de forma bastante aberta para atividades criminosas.

A empresa de segurança encontrou pelo menos dois grupos voltados ao cibercrime, e cada um conta com cerca de 5 mil usuários. Por lá é possível encontrar venda de coisas como cartões de crédito roubados e credenciais de acesso a contas hackeadas da Netflix.

Em um dos grupos foi mostrado um perfil falso de uma loja virtual brasileira, além de anúncios publicitários enganosos. Outra iniciativa consiste na criação de aplicativos maliciosos, como versões do Spotify que oferecem uso do serviço livre de publicidade sem a necessidade de uma conta premium.

A Trend Micro diz que, pelo menos até a última quinta-feira, 30, os cibercriminosos ainda estavam na ativa. “E grupos deste tipo estão se multiplicando”, afirma a empresa.

Fonte texto e imagem: Olhar Digital em 01/07/2016

Compartilhe:

Comentários encerrados.